Mostrando postagens com marcador micro lixo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador micro lixo. Mostrar todas as postagens

8 de novembro de 2012

O PEQUENO GRANDE IMPACTO



Adriana Teixeira Simoni

Veio-me a lembrança algumas pirraças de criança, onde quando se  queria desdenhar um coleguinha (olha o bullying disfarçado) você dizia : - Ah, o que vem de baixo não me atinge! Porém se o coleguinha fosse experto logo responderia para permanecer com a última palavra na disputa de alguma rixa infantil: - Experimenta sentar num formigueiro para ver...

Enfim brincadeiras infantis são tudo de bom de recordar, porém nessa chamada inicial gostaria de salientar o quanto algo pequeno pode causar impactos imensos, o caso acima até serve de exemplo para isso por outra lógica, onde uma formiga é tão pequenininha, porém num formigueiro a situação já é outra bem diferente e perigosa, pois muitas formigas unidas causam um grande transtorno.

Voltando a pequenos que causam grandes impactos no mundo globalizado atual, o micro lixo muitas vezes excluído de projetos e compromissos é um lixo que pode causar sérios problemas pela quantidade que é descartado irresponsavelmente e pelo volume que pode atingir, além do tempo de desintegração na natureza que pode ser infinito.

O descarte de micro lixos apesar de ser fácil conscientizar isso quando feito desde criança, o que infelizmente está tão difícil reparar um pai, uma mãe repreendendo um pequeno no momento em que esse coloca a bala na boca e joga o papelzinho no chão da rua. Ora, se nos habituamos a tantas coisas como escovar os dentes, tomar banho entre outras, por que não nos habituar a jogar o lixo na lixeira?

Afinal de contas é um hábito na qual em outros países caso jogue algo ao chão poderá ser seriamente repreendido pelo cidadão ao seu lado que o fará educadamente você voltar e juntar seu lixo, pois é cultural ter o hábito de SEMPRE jogar o lixo em alguma lixeira esteja ela onde estiver. Tem-se o costume de copiar costumes de outros países como algo extremamente “UP”, logo por quê não copiar o que há de melhor: a  boa EDUCAÇÃO.

O fato é que esse micro lixos como: Bitucas de cigarros, pedaços de sacos plásticos, canudinhos de bebidas, papel de bala, de doces, goma de mascar, tampinhas de bebidas, lacres de latinhas, etc. Podem comprometer o ambiente seriamente, pois apesar de pequenos, micros em tamanho, o volume é descomunal  quando são descartados em locais como praias, praças e onde há  aglomeração de pessoas como em  shows e outros, e seu impacto torna-se uma macro problemática ambiental

A situação pode sempre ficar pior na questão do micro lixo, pois quando  descartado em local correto bastaria a coleta e envio deste lixo ao destino correto pelo serviço público de limpeza . Porém quando isso não ocorre, a catação manual acaba se tornando a única maneira de retirar isso da natureza, o que se torna praticamente inviável ao serviço público.

Sendo melhor nos habituarmos a descartar  qualquer resíduo micro ou macro em lixeiras, para garantirmos a muitas outras  gerações a possibilidade de andar descalço pelas areias da praia por exemplo. Ao chão, devemos jogar apenas sementes para garantir ao planeta a possibilidade de renovação e retribuição tornando o convívio socioambiental harmônico.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...